Native Instruments apresenta as novas soluções Maschine Mk3 & Komplete Kontrol S Mk2s

Os teclados possuem novos recursos, com displays com mais funções, workflow melhorado e integração com outros produtos da marca

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Dezembro/Janeiro 2017 Edição do Mês

Da Redação


 

A Native Instruments anunciou a reformulação de seus produtos Maschine e Komplete Kontrol S, com alguns novos recursos e trazendo o hardware e o software ainda mais próximos.

Além de um novo visual, os recursos que mais chamam a atenção do Maschine Mk3 e Komplete Kontrol S49 e S61 Mk2 são seus displays atualizados, com alta resolução, cores completas que permitem que você explore áudio, edite parâmetros e no caso do The Maschine, divida os samples sem ter que voltar na tela do seu computador.

Os novos modelos também oferecem um encoder rotacional com botões de push em quatro direções que tornam a navegação mais fácil, enquanto os pads do Machine se tornaram significativamente maiores. Os designers tem sido cuidadosos para manter a distância de centro a centro entre os pads, preenchendo o espaço entre eles. Os teclados Maschine Mk3 e Komplete Kontrol Mk3 também podem ser carregados tornando a produção mobile e a performance ainda mais fáceis.

Com os controladores Komplete Kontrol S49 e o S61 Mk2, as faixas de pitch e mod touch foram modificadas para tornar as máquinas mais volumosas. A touch strip ainda mantém sua aparência mas está orientada horizontalmente abaixo das rodas. A mesma faixa, que possui um pequeno indicador de LED acima dela, aparece no Maschine Mk3 onde pode ser usada para controlar o pitch, modulação, parâmetros de efeitos e até “dedilhadas”. Outra adição são as capacidades da interface de áudio. O Mk3 pode atuar como uma interface stereo 24-bit/96kHz, com linha stereo e entradas de microfone (dinâmico) mais linha e saídas de headphones.

Com um número de novo botões que dão acesso direto a uma série de outras funções, o Maschine Mk3 e o Komplete Kontrol Mk2s prometem um workflow melhorado e, como esperado, com integração completa com a linha de softwares da Native Instruments e com plugins que suportam o padrão NKS da marca. O teclado Komplete Kontrol Mk2 também tem acesso ao controle de mixer para o Maschine, Logic e Ableton, dando a sensação de ser uma workstation. Também há a adição de Previews, que permite que você ouça áudios imediatamente sem ter que abrir a biblioteca de samples e isso se aplica a todos os instrumentos da empresa e mais de 400 outros instrumentos NKS de terceiros.

Os dispositivos estarão disponíveis a partir de outubro. O Maschine Mk3 e o Komplete Kontrol S49 Mk2 saem por €599 e o Komplete Kontrol S61 Mk2 por €699.


 

Notícias Relacionadas