PreSonus lança novos mixers em rack StudioLive Series III

Eles podem funcionar como uma combinação entre stage boxes e mixers de monitores ou como mixers independentes

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Dezembro/Janeiro 2017 Edição do Mês

Da Redação


 

A PreSonus lançou os novos mixers em rack StudioLive Series III que podem servir como stage boxes AVB, uma combinação entre stage boxes e mixers de monitores, ou como mixers independentes. A terceira geração do StudioLive 32R e StudioLive 24R cabve em um espaço de 2RU e o StudioLive 16R em 1RU. Todos os modelos são restauráveis, incluindo os preamps XMAX controlados remotamente. Os modelos permitem uma fácil utilização e customização do workflow.

É possível conectar o mixer StudioLive Series III a um console Series III com um cabo Ethernet CAT5e ou CAT6 eliminando a necessidade de um fio de cobre pesado. O usuário também pode controlar remotamente os preamps dos mixers e phantom power do console em rede Series III. No modo stage box e mixer de monitor, os novos mixers oferece mais energia para mixagem e processamento.

Os mixers oferecem áudio com qualidade de estúdio com um workflow com estilo plugin que oferece opções de EQ e compressão em cada canal, de tubos limitadores clássicos a EQs passivos.

Os Scenes também podem ser customizados, incluindo um recurso Scene Safe que previne a mudança de cenário ao alterar as configurações em canais designados “seguros”.

Os dois maiores modelos oferecem 26 mix buses, incluindo 16 FlexMixes, 4 subgrupos dedicados, 4 processadores/buses de efeitos internos e um mix bus stereo principal, além de 24 filtros DCAs. Já o menor modelo possui 6FlexMixes, 2 buses de efeitos e um bus stereo principal para um total de 10 mixe buses, além de 8 filtros DCAs.

Uma conexão AVB Ethernet possiblita a conexão com computadores compatíveis e streams de até 55 (para os dois maiores modelos) e 32 (para o menor) canais de áudio de e para um Mac ou PC. Ele também possui uma gravação 40x40 (StudioLive 32R and 24R) or 18x18 (StudioLive 16R) via USB 2.0, oferecendo a possibilidade de gravação pelo computador. Com qualquer um dos mixers, você pode capturar um mix L/R diretamente a um gravador em cartão SD embutido, sem a necessidade de um computador. Uma porta Ethernet de 1Gb pode se conectar a um roteador wireless ou diretamente a um computador para controle remoto de todas as funções.

Os mixers também são integrados a uma grande suíte de softwares. É possível mixar em uma conexão com ou sem fio de qualquer lugar usando o software gratuito UC Surface para Mac, Windows, Android, tablet e iPad. Soundchecks virtuais automatizados e gravações de shows são possíveis com o Capture para Mac e Windows, ou gravado com o DAW da PreSonus Studio One Artist ou qualquer software que suporte ASIO ou Core Audio. Os músicos podem controlar suas mixes de monitor por meio do Qmix-UC para dispositivos iPhone, iPod e Android.

Eles estarão disponíveis a partir de outubro com os preços: StudioLive 32R US$1.399,95 ; StudioLive 24R US$1.099,95; and StudioLive 16R US$799,95. Para mais informações clique aqui.


 

Notícias Relacionadas